sexta-feira, 3 de julho de 2009

Absolveram o "Capitão"!

O “Capitão” foi absolvido nesta quarta-feira pelo Conselho de Ética. Só tenho uma coisa a dizer: os nove deputados que votaram a favor de Edmar Moreira (sem partido-MG), só podem estar de brincadeira! É o cúmulo da cara de pau absolver um sujeito que construiu um cassino no interior de Minas.

Mas a verdade é que isso não me assusta. A grande mídia tem vários assuntos para abordar esses dias. Um deputado, que é dono de um castelo avaliado em R$ 25 milhões, ser absolvido e, como consequência, tem o mandato mantido não é o mais importante atualmente. Para falar a verdade tem muita coisa mais importante acontecendo:

Michael Jackson morreu. Na edição desta quinta o JN usou seu precioso e caríssimo espaço com imagens inéditas do cantor ensaiando dois dias antes de sua morte.

O Curinthia de Ronaldo! (a exclamação é para tentar dar a entonação que Zina dá) foi campeão da Copa do Brasil.

O Grêmio (vamos lá imortal) deixou o Cruzeiro avançar para a final da Libertadores.

Os acusados de matar Aline Soares estão sendo julgados em Ouro Preto.

Outro Air Bus caiu. Desta vez uma menina sobreviveu e já acharam a caixa preta.

Em que planeta as ações da deputaria (o bom de ser redator e editor do blog é poder usar palavreado de baixo calão sem ser censurado) são mais importantes do que esses assuntos?

Estou de mal humor e com sono. Os fanfarrões do Grêmio me fizeram ficar assim. Não bastasse ainda tenho que ouvir a carreata lá fora na rua e aguentar as gozações no trabalho amanhã. Acho que vou acompanhar o campeonato indiano de críquete para ser mais feliz. A intenção era registrar mais essa bandalheira política. O próximo texto será mais alegre – assim espero.