quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Já demonstra falta de inteligência por roubar

O título desta postagem é um eufemismo para o que o cinegrafista que atualmente trabalha comigo disse sobre o personagem de ‘ôje’ – ‘almenagem’ (piada interna que pode ser explicada mediante solicitação em um breve texto) ao gênio que é acusado (deixo claro que é acusado; ainda não se investigou nada porque o fato aconteceu na terça-feira), prosseguindo, acusado de roubo de gado.



Pois bem, vamos ao atestado de falta de inteligência. Como todos os meus fieis leitores não conhecem a região do Alto Paranaíba, minha atual residência, um mapa vai ilustrar melhor a situação (este post é um oferecimento de Google Mapas – quem me dera eu tendo patrocínio para escrever besteira).


Exibir mapa ampliado

São apenas 120km de São Gotardo até Patos de Minas. Duas cidades separam os dois lugares e devo acrescentar, as estradas por aqui não têm curvas. Se bobear dá para fazer o trajeto em menos de uma hora. Onde quero chegar? Sem eufemismos agora, na burrice de quem quer que seja que tenha roubado as 23 cabeças de gado na manhã de terça e na noite do mesmo dia tentou vender em um leilão semanal na cidade vizinha! Será que esse cara não pensou que poderia ser facilmente desmascarado? Provavelmente não. Como já disse o Ernane, meu companheiro de reportagens, já mostra que é burro por estar roubando!

Mais uma vez caímos na tal discussão das oportunidades e blá, blá, blá... Volto a repetir, muita gente passa necessidade e não deixa de ser honesto.

Não é esse o ponto central de hoje. O que quero dizer, no final das contas, é que o sujeito precisa ser bom no que faz. Até mesmo para roubar tem que ter inteligência.


Aviso: leitores, não roubem, não matem, não usem drogas e não façam sexo sem camisinha (que bonitinho esse capiau politicamente correto!). Completando, sem ironia alguma (sério, não é ironia!): rezem!